Pontos de vista - Junior, Pleno. Sênior

Um post sobre como funcionam os diferentes pontos de vista para resolver problemas de acordo com seu nível.

Sempre me perguntam, qual a diferença entre um(a) programador(a) de nível Junior, Pleno e Sênior, e minha resposta é sempre a mesma.

Existem muitas, ma uma que sempre me vêm a mente é o ponto de vista.

Este artigo, foi escrito para conversar sobre decisões e a importância de respeitar o pensamento de um profissional independente do seu nível, e caminho tomado para chegar a essa solução.

Mas o que isso significa?

Junior pleno e senior

Todo profissional quando se depara com uma situação problema e tem de desenvolver uma solução lógica para programar algo, ele internaliza o problema e desenvolve sua própria lógica, essa lógica é tão individual que pode ser explicada pela frase:

Ninguém programa igual a ninguém, cada solução é única independente de estar certa ou errada e tem seu valor.

  • Ou seja, todo mundo vai pegar um "caminho" para chegar ao fim do problema,
  • O profissional Junior, irá tomar um caminho mais longo, possivelmente mais trabalhoso,
  • O profissional Pleno, irá tomar um caminho mais curto, possivelmente menos complicado e
  • O profissional Sênior, irá chegar a solução mais rapidamente e mais simples.

E daí?

Um problema recorrente em todo escritório, startup e etc... que se programam no mundo é que os cargos superiores tendem a querer criticar e desqualificar uma solução dada por alguém no inicio de carreira.

Legal, cada solução é única e portanto cada uma tem seu valor, mas o que isso significa na prática?, significa que quando um profissional Junior chega a uma solução, seus colegas de nível Pleno e Sênior, não podem apontar dedos e desqualificar o que foi dito, até porque o programador nesse estado está aprendendo o processo de aprender pode ser frustrante por si só, e todo reforço negativo é desnecessário, pois isso desmotiva o Junior tornando o processo mais difícil e pode até gerar traumas e fazer as pessoas desistirem da profissão.

Mas o que fazer nesse caso?

Nesse caso eu acredito que falta um pouco de empatia, porque acima de profissionais, somos pessoas e como pessoas temos sentimentos, dias bons e ruins e assim, e uma crítica feita de maneira maldosa pode ter consequências negativas para quem recebe.

A importância do Feedback

Ou seja, todo feedback é bem vindo, sendo positivo ou negativo, pois isso te ajuda a crescer. Mas receber um feedback negativo conciso e pertinente, que tem em vista ajudar alguém a melhorar. É diferente de receber um feedback que desqualifica alguém por causa de uma solução equivocada.

E na minha opinião, o papel de um profissional experiente é aconselhar o menos experiente, pois é sempre válido lembrar:

Todo sênior hoje, já foi Junior um dia

Então é importante explicar ao Junior, o porque a solução não é válida, o que ele poderia ter feito para chegar em uma solução aceitável e parabenizar pelo esforço, explicando os pontos de melhora e as consequências de cada solução sejam elas do ponto de vista técnico ou de negócio.

Comments